Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

sábado

Que barbaridade: "Governo Marconi-Cachoeira preparava privataria tucana nas escolas de Goiás"


http://goo.gl/HWGyC
O pescoço de Thiago Peixoto, secretário de educação de Marconi Perillo (PSDB/GO), acabou de entrar na guilhotina.

Ele estava preparando um negócio literalmente da China com Carlinhos Cachoeira, segundo escutas da Operação Monte Carlo, divulgadas na TV Anhanguera de Goiânia.

Um diálogo de Cachoeira com um sócio revela o esquema.

Thiago preparava para lançar escolas copiando prédios escolares da China. Mas em vez do governo construir, pretendia alugar de quem construísse.

E Cachoeira disse que recebeu os projetos, ainda sigilosos (pois pede para não contar a ninguém), de Tiago para ir construindo as escolas, antes mesmo do governo contratar.

No diálogo fica evidente que Cachoeira teria a garantia dos aluguéis, e a construção na frente dos outros daria a vantagem necessária para garantir o contrato.

Eis o diálogo divulgado:
Cachoeira pergunta por um tal "Alex", importador de produtos chineses.
Gleyb (braço direito de Cachoeria): “está na mão”.
Cachoeira: "Nós vamos falar com ele amanhã. Vamos fazer escola, cara. Surgiu um negócio aqui bom demais. Já manda ele olhar lá, aquele modelo de escola, entendeu?"
Cachoeira:  “Escola, não comenta com ninguém não, mas o Thiago [Peixoto] passou o modelo para nós, tá? Vai alugar várias escolas no estado, entendeu? E vamos construir, porque na hora que sair, é só oferecer".

Os professores de Goiás, estavam em greve por melhores salários até outro dia. O governo Marconi Perillo dizia que o orçamento estava no limite. Está explicado para onde está indo o dinheiro que deveria ser para educação: em "negócios bom demais" para Cachoeira. 
 
Fonte: Os Amigos do Presidente Lula

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato