Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

sexta-feira

A demagogia do Governador Marconi Perillo









Senhor Governador Marconi Perillo

Grande parte do povo de Goiás não percebeu sua postura ideológica e política nem o senhor a esclareceu durante a campanha eleitoral como candidato a governador. O senhor sabe que  nosso povo, principalmente no que tange à categoria produtiva, os trabalhadores, é excluída das decisões políticas. A classe dominante odeia a conscientização popular e persegue as lideranças que exercem a missão de organizar os setores mais injustiçados pela elite que se apropria dos bens que deveriam ser de todos. O senhor, por exemplo, não explicou que sua opção é pelo neoliberalismo e pela direita. Esta opção se traduz na prática quando seu partido – o PSDB -  juntamente com os Democratas e o PPS pregam e, no poder, executam a idéia de que o Estado deve ser mínimo e o mercado deve ser máximo. O Estado deve ser mínimo nos investimentos em projetos do povo, em projetos sociais como saúde, educação, segurança, transporte coletivo etc e máximo em privatização, que significa entrega das empresas e instituições públicas à vampiragem privada. E aí, Governador, que moral têm grupos  da classe dominante que não crêem no povo, nos trabalhadores, pelo contrário, os odeiam? Que moral têm os que sempre  curvaram suas espinhas em favor de negociatas com o imperialismo internacional, mesmo que isso prejudicasse nosso país e nosso povo? Seu Secretário da Fazenda proclamou alto e bom som que nesses poucos meses de governo o Estado de Goiás lucrou. Aí está uma vaidade neoliberal e muita perversa: o Estado não é empresa, senhor  Marconi. O estado tem que investir no seu povo. E há muito que fazer, senhor Perillo. Os professores da rede pública estadual reivindicam aumento salarial e as escolas vivem à míngua, em enorme estado de petição. A moradia do povo é de necessidade gritante. A polícia é mal paga e boa parte dela contaminada pela corrupção e o senhor manda seu Secretário da Fazenda alardear lucro do estado!  

Para piorar, senhor Governador, que feia a sua demagogia de péssima qualidade com as drogas dos ônibus do chamado Eixão, que percorre a Anhanguera de fora a fora, aqui em Goiânia. Desavergonhadamente o senhor, num verdadeiro acinte ao povo e,  para deboche de nossa inteligência, coloca enormes letreiros demagógicos dizendo que o Governador prometeu o Governador cumpriu ao “dar” ônibus novos para o povo. Mas que vergonha: são apenas carroças novas. São veículos bonitos por fora, mas extremamente desconfortáveis, com os corrimões (que o povo chama de “puta merda”) muito altos, que  o senhor nem seus secretários alcançam. Aliás, o senhor não alcançaria nunca, não é? Nunca precisou viajar nessas carroças que essa elite apodrecida costuma entregar ao povo. No corredor as pessoas se sentem soltas, inseguras e ameaçadas de acidentes. E ar condicionado? Ah isso o povo não precisa, não é senhor governador? Há ônibus anteriores que têm aparelhos de ar refrigerado e não cai pedaços dos lucros do estado. É bom que se diga que nosso maltratado povo é transportado como gado ao matadouro, incapacidade de protestar e de ser ouvido. Costumo dizer que esses terminais de ônibus daqui de Goiânia se assemelham muito com currais de bois. As pessoas se atropelam e viajam umas sobre as outras, em desvantagens com os bois. O senhor governador não imagina nem quer saber da situação de nosso povo. Sua praia é outra, longe do povo. Neoliberal é assim mesmo.

Cuidado, governador, o povo diz muita coisa e demonstra muita revolta. O povo não gosta de demagogia. Embora erre nas escolhas porque é enganado pela elite colonizada, que odeia Lula, Dilma e os trabalhadores, logo percebe quem se move por ele e quem mente. Cuidado, Marconi. No Chile a elite mentiu e enganou seus cidadãos que, enganados, elegeram um presidente neoliberal e de direita. Mas a juventude de lá puxa grande revolta e pressões por mudanças, mesmo que o governo neoliberal jogue as forças armadas sobre os jovens, produzindo mártires.  Cuidado, provocações e falta de respeito para com o povo têm limites. 

Cuidado, senhor, vaidoso, arrogante e provocador Marconi Perillo. Cuidado!

Viva nosso povo e seu espírito de revolta!


Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato