Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

quinta-feira

Silas Malafaia é mentiroso, injusto e calunioso



Após fechar acordo com Serra, Malafaia sai atacando Haddad


Na segunda-feita, José Serra (PSDB) telefonou para o pastor Malafaia, do Rio de Janeiro, agradecendo ataques feitos a Fernando Haddad no primeiro turno, e marcaram de encontrarem-se.

Na terça-feira, os dois se reuniram a portas fechadas em São Paulo.

Após o encontro, o pastor já saiu atirando dizendo que iria “arrebentar” Haddad por conta do chamado “kit gay”. Os ataques se repetiram no twitter e no facebook do pastor.

Na quarta-feira, perguntado por jornalistas, Serra tentou se desvencilhar da imagem de Malafaia.

Fica claro que José Serra está fazendo o mesmo jogo duplo que fez em 2010 contra Dilma. Frente às câmeras evita apresentar-se como alguém ligado Malafaia, e que serve-se de religiões com fins eleitoreiros. Mas, entre quatro paredes, busca apoios para atacar através de terceiros, repetindo a campanha de baixarias produzida em 2010.

Voltando a Malafaia, o pastor está errado, pois os ataques são injustos, e são tão deturpados que deram apelido pejorativo e preconceituoso de "kit gay", como se o ministério da educação fosse cometer o absurdo de distribuir sandália de salto alto e batom para meninos, ou coturnos para meninas.

A polêmica se deu a partir de cartilhas pedagógicas feitas por ativistas contra a intolerância de gênero, com as melhores intenções, para serem educativas, apenas para combater violência, agressões, "bullyng", preconceito, prevenir a Aids e a intolerância nas escolas. Mas o próprio ministério, após ouvir todos os setores da sociedade interessados no assunto, inclusive os protestos de religiosos também, concluiu que o material não estava adequado para distribuição ampla. Até porque estava sendo entendido de forma deturpada e, inclusive produziria o efeito contrário às boas intenções, provocando mais rejeição e intolerância.

Ou seja, Malafaia está sendo tão injusto com Haddad, que ele foi democraticamente atendido na parte de não distribuir aquele material, e mesmo assim, insiste em atacar Haddad.

Além disso, Haddad fez o ProUni, que colocou 1 milhão de estudantes pobres na universidade, fez o Reuni, que aumentou o número de vagas nas Universidades Federais, fez a ampliação da rede de escolas técnicas, fez o Sisu que dá oportunidade aos alunos de usarem a nota do Enem para ingresso em uma das 95 universidade públicas, substituindo o vestibular, e sem a necessidade do estudante ter que viajar para fazer vestibular em várias cidades, fez o piso nacional do professor, o programa do transporte escolar, o programa de creches, da escola em tempo integral, o FUNDEB, e vários outros. Com tudo isso, o pastor só pensa em homofobia? Ainda que Malafaia considere que a mera elaboração de uma cartilha tenha sido um erro, será que é justo ser tão agressivo por um único caso, diante de tantas outras coisas boas que foram feitas no ministério da Educação?

Haddad nunca implicou com religião de ninguém. Pelo contrário defende a liberdade religiosa de todos, convivendo na paz e tolerância. Se propõe a ser um governo para todos, de todas as religiões, sem preconceito, nem perseguição contra nenhuma religião. Sempre ouviu e dialogou com toda a sociedade organizada, inclusive comunidades religiosas que, inclusive, contribuem em parcerias com os governos em importantes programas sociais.

Malafaia tem todo o direito de votar, apoiar, fazer acordos e campanha para José Serra. Só não vale usar argumentos deturpados e baixando o nível de campanha, do jeito que Serra gosta. Esse tipo de campanha apenas de atirar pedras, sem dialogar, não atende a ética cristã, e já foi repudiada pela maioria dos brasileiros nas eleições de 2010.

Perguntado, Haddad disse aos repórteres:

"A minha família está muito indignada em relação a estes ataques.
O Serra instrumentaliza as religiões, fez isso para atacar Dilma.
Eu entendo que fará o mesmo para me atacar.
A minha família está muito indignada, mas eu perdoo."

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato