Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

quarta-feira

Grandeza e compromisso não se compram nem se manipulam com cara de pau




Amigo e aluno Carlos Alberto

Tenho a honra de ser teu professor no teu curso de pós graduação. Tua participação nas discussões em sala de aula são contributivas no crescimento de todos/as. Parabéns, meu amigo. Espero tua visita no domingo.

Pois bem, meu amigo, ontem assisti pasmo o interrogatório de Marconi Perillo. Realmente senti vergonha e asco do que vi. Pareceu-me claro o “acórdão” na CPMI que colocou todos de joelhos diante desse suspeito governador. Marconi mostra-se muito bom para falar, mas não convence. O seu olhar mostra ódio e desprezo pelo povo, a quem ele usa como suporte para suas conquistas pessoais. A sua fala é defesa escancarada dos ricos e avantajados. Ele não se refere aos pobres e trabalhadores prioritariamente em momento algum. Nem pode. Esse não é o seu mundo. Ele sonha e busca privilégios, por isso se ajoelha em face dos poderosos. O seu discurso, aliás, muito pobre e instruído pelo advogado não convence nem mesmo o parlamentar puxa saco que quase chorou no elogio meloso e desprezível que fez dizendo-lhe que todo o povo goiano o receberia de braços abertos. Nem Marconi deu importância para tais palavras vazias e demagógicas. 

Considero Carlos, que Marconi não respondeu nada do que interessa para comprovar a inocência dele, de que não dispõe em nenhuma das suspeitas. A prova disso se afirma quando recusou a proposta do relator para que espontaneamente abrisse seus sigilos bancários e telefônicos. Se nada o compromete nada deveria temer. Quem dirige o poder executivo não tem prevalência privada. Que provasse a verdade abrindo seus sigilos, afinal sabe tudo sobre Cachoeira. 

Não aceito corrupção de ninguém, Carlos Roberto. A direita, acostumada com esse   caminho, é que usa desavergonhadamente o poder para privatizá-lo em benefício da classe dominante e de seus privilégios. Os direitistas, hoje agasalhados em partidos como o PSDB, DEMOCRATAS, PPS e outros pequenos e insignificantes é historicamente afeita à “cultura” de pendurar-se nos poderes públicos para roubar e corromper em benefícios pessoais e familiares. É evidente que alguns ditos de esquerda, viciados com a direita e com o patrimonialismo corrupto também roubam. Esses também não devem ser poupados de forma alguma. O poder público é para servir o povo e não para ser escada para corruptos e safados, seja quem for. O grupo de Marconi Perillo inscreve-se nesse horizonte. A história comprovará esse timbre. 

Pois bem, nesse momento assisto à audiência do Governador de Brasília. Sinceramente impressionei-me com sua fala inicial, curta e objetiva, com boa carga científica e ética. Bem diferente da verborragia e auto propaganda de Marconi Perillo. A coisa que me impressionou até aqui foi o fato de Agnelo disponibilizar seus sigilos bancários e telefônicos. Diz não ter nada a esconder. Sua visão de poder de acordo com seu discurso é diametralmente diferente de Marconi. Esse só pensa em si e na sua corriola. Queiroz referiu-se a desenvolvimento com distribuição de renda e de riquezas. Marconi assinala com privilégios de grupos e dele.  Marconi fugiu do ato de demonstrar transparência. Seus apoiadores também fogem bem ao gosto dos corruptos que, como diz o povo, têm costumeiramente o rabo preso. 

Caso Agnelo seja apanhado em pecado de desvio público que seja punido. Mas que ele é diferente dos neoliberais e corruptos, ele é. 

Abraços críticos e fraternos.

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato