Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

segunda-feira

A FINADA DÉCADA 2000-2009

Por Thomas de Toledo

A primeira década do século XXI foi marcada pela transição e incerteza. Transição do falido modelo neoliberal para a retomada da importância do Estado, e da unilateralidade imperialista norte-americana para uma ordem multipolar com novas forças emergentes. A incerteza deve-se à conjuntura estar marcada pela instabilidade econômica, e as guerras que continuam a deixar cicatrizes.


O marco inicial da década foi o atentado de 11 de setembro de 2001 nos EUA. Essa tragédia mostrou como a opinião pública pode ser movida até em seus sentimentos. Afinal, até hoje costumam acender velas para os 3 mil mortos nas Torres Gêmeas, mas poucos se lembram dos mais de 300 mil iraquianos mortos pelos EUA depois de 2003. A outra guerra, do Afeganistão, justificada para capturar Bin Laden, foi a herança de Bush para Obama, que ironicamente recebeu o Nobel da Paz em 2009 conduzindo duas guerras e ameaçando o Irã.


Se em 1989 caiu o Muro de Berlim, em 2008 caiu o Muro de Nova York. A receita neoliberal dos 3 Ds: desregulamentação, desnacionalização e desestatização, gerou outros 2 Ds: desemprego e desordem. Na América Latina, os resultados foram desastrosos e ascenderam governos críticos ao sistema. Na Europa e nos EUA, quando a crise atingiu os bancos, implodiu a credibilidade do modelo. O Estado, antes vilão, tornou-se o salvador dos irresponsáveis, e até Fukuyama, que anunciava o “fim da história”, reconheceu a importância da regulação dos mercados.


A “crise dos modelos” gerou mais perguntas que respostas: Como será a nova ordem com a estagnação dos EUA e Europa e a ascensão de Brasil, Rússia, Índia, China e outros emergentes? Os EUA diminuirão a ânsia imperialista na América Latina, desmobilizando a 4a Frota e desistindo das bases na Colômbia? Como ficam as guerras no Oriente Médio e Ásia Central? Os países ricos mudarão o modelo poluidor para reduzir impactos no meio-ambiente, ou preferirão ver o planeta explodir de calor?

As respostas estarão na década de 2010.

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato