Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

segunda-feira

Nutrientes que podem salvar sua vida

Eles aguçam a mente, aumentam a energia, fortalecem o organismo, acalmam os nervos, elevam o ânimo, estimulam a sexualidade e as defesas orgânicas, e nos protegem das doenças. Não são drogas mágicas, mas uma série de substâncias que são fornecidas ao nosso organismo pelos alimentos: minerais que reforçam a saúde.
O que podemos comer para desfrutar ao máximo de nosso potencial físico e mental, melhorar nossas funções orgânicas, continuarmos saudáveis e para que possamos nos proteger das principais doenças, como o câncer e os transtornos do coração?
A lista de compostos nutritivos para a boa saúde e o bem-estar é muito longa, mas há alguns nutrientes essenciais que nunca devem faltar, de acordo com os estudos científicos mais recentes e os especialistas em medicina e nutrição.Embora estes minerais podem ser ingeridos por meio de suplementos dietéticos, é preferível recorrer primeiro a suas fontes naturais: os alimentos.
No entanto, é importante fazer uma advertência: se a pessoa sofre de alguma doença crônica, como a hipertensão, é preciso consultar o médico antes de mudar sua dieta.Cálcio e Magnésio
Estes dois minerais trabalham estreitamente ligados no organismo e, freqüentemente, são combinados em suplementos multivitamínicos. Em equipe, ajudam a reduzir o risco de câncer, estimulam a potência cerebral, intensificam o rendimento atlético e protegem a pele. Além disso, o cálcio e o magnésio trabalham juntos para regular os níveis de energia do organismo e manter o funcionamento normal do coração e a transmissão nervosa, e são necessários para ter ossos fortes e saudáveis.
Também colaboram na luta contra a pressão sanguínea elevada, e possuem um leve efeito sedativo, que ajuda quando é ingerido antes do momento de dormir.O cálcio sozinho é necessário para prevenir a osteoporose, os transtornos cardíacos, os problemas da menopausa e certos tipos de cânceres, enquanto o magnésio é útil contra a tensão pré-menstrual, a hipertensão arterial, a ansiedade, a fadiga e a diabete.
Para que não faltem em seu organismo, inclua em sua dieta o leite e seus produtos derivados, legumes, couves e outros vegetais de folha verde, sardinhas enlatadas e peixe branco, para receber suficiente cálcio, assim como cacau ou chocolate, frutas secas e mariscos, para ter uma boa ingestão de magnésio.Cromo, aliado da insulina
Os especialistas em alimentação o consideram um mineral essencial para o organismo, porque ajuda a insulina a regular o metabolismo das proteínas, os carboidratos e as gorduras. Quando o corpo tem pouco cromo, podem surgir vários tipos de problemas de saúde, desde um desequilíbrio nos níveis de açúcar no sangue até a obesidade.
Também ajuda a reduzir seu risco de problemas cardíacos, diabetes e problemas da visão. Os atletas são partidários deste mineral para ajudar a reduzir a gordura corporal, aumentar o rendimento dos músculos e controlar a fome e o peso.
Para que não falte em seu organismo, inclua em sua dieta fermento de cerveja, carne, fígado, ovo, frango, ostras, germe de trigo, pimentão verde, maçã, banana e espinafre.Zinco, muito mais que um estimulante sexual
Ele é considerado o mineral do sexo masculino e, de fato, é necessário para o metabolismo hormonal, a produção de testosterona, a formação do esperma e a composição do sêmen, enquanto alguns dos alimentos que têm reputação de ser afrodisíacos ou de intensificar a virilidade, como as ostras, possuem um conteúdo elevado desta substância.
Mas além disso, o zinco é crucial para outras várias funções do corpo, desde a cicatrização de feridas e a imunologia até a desintoxicação do fígado. Os órgãos sensoriais também precisam deste mineral para a visão, a audição, o olfato e o paladar.
Alguns estudos indicam que o zinco pode ajudar a reduzir o risco de câncer, estimular a potência cerebral, equilibrar o nível de açúcar no sangue e perder peso. Para que ele não falte no seu organismo, inclua em sua dieta alimentos protéicos como as carnes de rês, porco e cordeiro e a carne escura do frango, assim como amendoins e legumes.

Fonte: Por Ricardo GoncebatEFE-REPORTAGENS
Contate conosco: padreorvandil@ibest.com.br

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato