Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

segunda-feira

A revoltante sacanagem da mídia brasileira e seu entreguismo: cai a máscara




Caro Güinther

Saudades de ti, meu amigo. Quantas vezes nos reunimos ao pé da lareira em Uruguaiana, em Cruz Alta e em Santa Maria para discutirmos a conjuntura nacional.

Em fim, nosso povo derrubou a nefasta ditadura militar, expulsou Collor da Globo de Mello, sepultou Fernando Henrique Cardoso e agora, depois de conquistar avanços, pressiona por mais desenvolvimento com qualidade de vida e de liberdade. 

Sabemos que os entraves são gigantescos e se constituem em desafios na conquista da justiça social plena com paz total. 

As cortinas das corporações escondem negociatas satânicas dos que se acham donos do mundo. Nosso governo Dilma nem sempre tem suficiente coragem para avançar e ajudar a resolver históricos problemas. Não é difícil imaginar quantas pressões rondam o Palácio do Planalto e quanta corrupção do judiciário como se vê com Joaquim Barbosa, Gilmar Mendes, Marco Aurélio e outros vagais entre pingos e trovoadas de ameaças, todos comprados pela direita e seus serviçais. Uma vez Lula disse que haviam 300 picaretas no Congresso Nacional. Hoje eu diria que muitas raposas de lá fazem coro com os piores safados do judiciário e da oposição entreguista na venda do Brasil. 

 É evidente que quando falo em corrupção aqui não uso o termo com o mesmo significado que os coxinhas e a direita lhe dão. Refiro-me aos golpes provindos do sistema financeiro que lucrou quase setenta bilhões ao desviar da economia social o dinheiro do povo e das multinacionais que fragilizaram nossa soberania nacional em 2013 com leniência de setores do governo federal, como o ministério da economia e do Banco Centra, por exemplo.

Agora vem à tona a barbaridade que essa mídia podre e apodrecedora faz para ajudar a vender e corromper nosso País.  

Abaixo encontrarás links de matérias que desmascaram o papel altamente destruidor e negativo que a mídia brasileira desempenha, contando com jornalistas marginais e mafiosos na ação de trair nosso povo e nossa Pátria.  

As consequências que atrasam o País estão aí: a educação emperrada e entregue ao comércio privado, que tem como única meta enriquecer os donos de escolas e faculdades; a saúde sucateada com um povo doente e sem remédios com a indústria farmacêutica investindo em armas para defender seus interesses; uma opinião pública inculta e emburrecida, desinformada e manipulada...

Não sou defensor da pena de morte, mas pensaria em punições pesadas como trabalhos forçados na agricultura, na construção de barragens, de diques, de estradas, na extração de minérios e outros serviços sociais não remunerados para gente como Joaquim Barbosa e seus comparsas, como os falsos jornalistas William Waack e Carlos Eduardo Lins da Silva. Sugeriria que tivessem aulas de patriotismo, de cidadania, de amor ao próximo, de marxismo e de respeito ao patrimônio público. Proporia ainda que os professores que lhes dessem aulas fossem muito bem remunerados com o dinheiro de seus patrimônios vendidos para sustentar sua socialização. Eu me escalaria para ser um de seus professores. Jamais gritaria com Joaquim Barbosa e nem seria mau como ele é com Genoino e com outros que ele odeia. 

Ao virem a público as notícias de que John Kennedy preparava a invasão do Brasil para depor e matar João Goulart (veja aqui) e que lixos como jornalistas e sucursais da Globo até agora ainda são instrumentos de golpes (veja aqui) não nos resta saída se não avançarmos com o povo nas ruas para empurrar o governo Dilma para o coração da independência soberana do Brasil e ao avanço de reformas que ela não teve forças, e talvez coragem, para fazer. 

Abraços indignados, críticos e fraternos na luta pela justiça e pela paz.
Dom Orvandil: bispo cabano, farrapo e republicano nacionalista.

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato