Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

quarta-feira

Renovadas agressões, palavrões e hipocrisia de Silas Malafaia










Amigo Saul



Percebes como nos últimos dias fala-se em pastores evangélicos como nunca antes neste País? Fala-se de tudo deles, menos que os referidos sejam capazes de contribuir moral, ética e politicamente com a democracia e com o desenvolvimento do Brasil. De modo geral os que estão na mídia, seja em programas pagos, aliás, carissimamente pagos com os dízimos do povo, seja os que defendem bandeiras esdrúxulas como racismo, homofobia, preconceitos e intolerância religiosa, são incapazes de defender com seriedade e profundidade padrões morais que ajudem nossa sociedade e nosso País.



Agora, no entanto, levanto em particular o caso do violento e despreparado Silas Malafaia. Este é mau exemplo em todos os sentidos. Seu discurso é movido a ódio e a falta de respeito. Tudo o que ele demonstra desejar é dinheiro, prestígio e mídia. Abaixo posto vídeo do You Tube no qual o pastor Caio Fábio descreve o caráter de Silas Malafaia e suas trapalhadas no fã de levantar muito dinheiro.



Quanto à falta de respeito os termos que ele usa para atacar pessoas e projetos são absolutamente inaceitáveis e descabidos a alguém que se exibe de ser pastor de gente rica e poderosa. Quando José Serra se candidatou a prefeito de São Paulo em 1012, Malafaia, depois de se reunir a portas fechadas com o privastista de direita, saiu dizendo à mídia que ia "rebentar" com Fernando Haddad. Quem o escutou imaginou que sua afirmação se referia a que usaria o famoso "kit gay" na campanha eleitoral, com a intenção de minar a candidatura do petista junto aos evangélicos - o kit gay é o apelido que os conservadores deram ao material que o  Ministério da Educação enviaria para as escolas com o objetivo de  combater a homofobia. Porém, se adotarmos a mesma metodologia verbalista de interpretação literal da Bíblia que muitos despreparados adotam, alegando que recebem inspiração direta do Espírito Santo, entre eles Silas Malafaia,  entenderemos que o cabo eleitoral de Serra, na verdade, manifestava intenções literais de bater em Fernando Haddad ou de matá-lo. Quando, nesta segunda-feira, o mesmo dito pastor gravou uma entrevista de Tv que rodará na próxima segunda-feira, dia 15 de abril, usou os termos grosseiros e mal educados de sempre, escrevendo no Twitter: "o pau vai comer", "o coro vai comer".  Além da arrogância tirânica de pregador gritão, o que deseja significar com pau, com comer, com coro? O que tais palavras simbolizam em sua mente pervertida, além do  autoritarismo de quem se pensa dono da verdade e do mundo, que não aceita o contraditório, o diferente e ideias outras que não as suas? Ao ler sobre críticas que internautas fazem às suas noções obtusas, perversas e atrasadas não se inibe de a todos chamar de idiotas e de ignorantes. Silas diz que se formou em psicologia, portanto, sabe o significado da palavra idiota no vocabulário psicológico e psiquiátrico. O seu narcisismo o inspira a chamar a atenção dos internautas e dos incautos para as entrevistas desaforadas que dá nos jornalões, revistas e tvs de direita, sempre com termos pejorativos e desrespeitosos àqueles com quem não sabe e não tem condições de debater em alto nível.



Aqui neste blog tenho debatido questões sérias e seguidamente pessoas reagem demonstrando pensar diferentemente de mim. Isso é bom e enriquece o debate. Também enfrento Silas Malafaia, Marco Feliciano e outros de direita, sempre com boa repercussão. Mas Silas não debate com ninguém. Ele foge e se esconde covarde e arrogantemente em suas agressividades vazias. Nesses últimos dias critico o golpe dado na Comissão dos Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados e o faço com críticas pela esquerda também ao firmar que os integrantes da base do governo Dilma se omitem e brincam com fogo ao deixar espaços à direita impatriótica e incendiária, sempre pronta a golpes e crimes. Nessa leva de golpistas, oportunistas e vendilhões vejo os senhores Silas Malafaia e Marco Feliciano. Escrevo reflexões críticas num blog que abrange imenso público, mas me abro ao debate e aos esclarecimentos. Nunca ataco ninguém em caráter pessoal e ofensivo. Alguns embates aqui travados geraram grandes amizades e admiração, como acontece em relação ao blogueiro e presidente da Ong dos Sem Mídia, Eduardo Guimarães, que aprendi a admirar, e a tantos outros que discordam de pontos de minha visão mas que sabem respeitar. Pois, para minha surpresa e tristeza, ao abrir meu e-mail nessa terça-feira, me deparei com palavrões de Silas Malafaia me ofendendo através do Twitter e, talvez, revelando instintos sexuais dele numa espécie de quem se esconde hipocritamente num armário. Perdoa-me Saul e perdoem-me todos os que me lêem, mas devo denunciar aqui essa barbaridade e o faço com todas as letras com que fui ofendido e desrespeitado pelo moralista de cuecas, Silas Malafaia. Ele assim escreveu no meu Twitter:  @SilasMalafaiaa "@domorvandil chupa meu cu".



Repito, para entender Silas Malafaia e seu caráter perverso deves assistir o vídeo que posto aqui abaixo. Nele o pastor Caio Fábio descreve os horrores que Malafaia faz com mininhas nas igrejas e com a própria esposa, que entra em depressão pelas safadezas do marido, por isso seguidamente se interna em clínicas em Boston nos Estados Unidos para se tratar. 



Indiscutivelmente temos que debater muitas questões morais, éticas e sociais. Mas para debate produtivo, criativo e inteligente precisamos de pessoas qualificadas. Silas Malafaia e Marco Feliciano não são habilitados para defender os evangélicos numa luta séria de ideias. Ao nos depararmos com tanto despreparo, falta de respeito e loucura desses fanáticos, pernólsticos, sectários e intolerantes é que  tomo como válida a exclamação do solitário teólogo e pastor Roberto Gondin quando disse: "Deus me livre de uma república evangélica!"

Destaco aqui novamente, Saul, que não me embato com questões religiosas e internas às igrejas dos outros. Enfrento aqui, no entanto,  uma postura moralista e incoerente de alguém que se coloca publicamente com intenções assassinas e pornográficas, com fortes repercussões políticas de direita e prejudicial à democracia que arduamente estamos construíndo. Quando lutávamos contra a ditadura alienados como Silas Malafaia acrizolavam-se em vidinhas bruguesas de igreja sem nada fazer pelo povo, pela liberdade e pela justiça. Agora ele e o pentiadinho chapinha Marco Feliciano, unidos à borrasca mais atrasada da direita, esnobam e se acham no direito de desafiar a República e ameaçar com campanhas a favor da direita em 2014, com puro espírito oportunista e golpista. Isso é sujeira e emporcalhamento do espaço público!



Abraços críticos e fraternos na luta pela justiça e pela paz.





Dom Orvandil: bispo cabano, farrapo e republicano. 



PS. Hoje, dia 11 de abril de 2013, em face de graves atentados à paz social por parte de atos praticados por intolerantes e antidemocráticos, recebi mais uma agressão inferior e perversa do pastor da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, pastor esse que recebe amplo espaço da mídia conservadora para ajudar a dividir o campo democrático e perturbar a ordem social. Assim twitwo-me Silas Malafaia: 
Silas Malafaia
Silas Malafaia
@SilasMalafaiaa

@domorvandil vai caçar um pinto grande e grosso pra vc chupar

11 de abr de 13 2:47 AM









Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato