Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

terça-feira

A sociedade e o Estado têm que regulamentar essa mídia monstruosa e mentirosa






Querido amigo Cyro

Lembro com saudade de nossos bons tempos de formação e de luta. Sempre me impressionaste pela capacidade de leitura e de redação que demonstraste. Não é por outra razão que te tornaste jornalista e coordenador de redação do jornal onde trabalhas aí no nosso maravilhoso Rio Grande do Sul. 

Pois bem, meu amigo jornalista, hoje vivemos conjuntura que exige mudanças nas leis que orientam a mídia e seu poder de interferir na formação da consciência e de opinião social. A sociedade organizada pressiona pela lei de médios, que regulará o uso democrático dos meios de comunicação, hoje entregues a uma minoria perversa e manipuladora do povo. Essa mídia é tão ousadamente safada que procura “orientar” desde as campanhas eleitorais de vereadores, prefeitos, deputados, senadores, governadores e Presidentes da República  até atos dos poderes executivos, legislativos e judiciários, como é o famoso caso do Supremo Tribunal Federal que julga a Ação Penal 470. Sabemos que a mídia tentou usar o julgamento do mensalão para favorecer José Serra na campanha eleitoral em São Paulo, dando com os burros n’água, porque o povo não é bobo, como essa gente da classe dominante imagina.  

Ao assistir as “reporcagens” que essa mídia faz do furacão Sandy dá impressão de que esse fenômeno natural atinge somente os Estados Unidos. As TVs não se referem a Cuba, Jamaica, Bahamas e Haiti, países pobres, onde houve danos a pessoas e ao patrimônio, matando muita gente. Não, para essa mídia colonizada, que só é grande no capital e na influência, mas que é pequeníssima ou nula na consciência social, política e humana, nada mais existe se não o País da matriz imperialista. Para seus donos e jornalistas até a catástrofe é maior e assusta mais nos Estados Unidos do que nos países pobres. Os repórteres dessas TVs e os âncoras daqui quase choram emocionados com a “destruição” do Sandy nos Estados Unidos. Dedicam muitos minutos de seus noticiosos ao furacão nos Estados Unidos com o claro objetivo de desviar a atenção nacional brasileira de nossos grandes problemas e de nossas grandes lutas.

Ufa, ainda bem que chega o momento das mudanças e da democratização dos meios de comunicação no Brasil, como já começou a acontecer na Venezuela e na Argentina, para despertar a ira e a choradeira dos medalhões daqui.

Abraços críticos e fraternos.

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato