Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

terça-feira

A direita festeja desde a CPMI, depois de tantas derrotas, privatismo, mentiras e injustiças



Prezada Profª Weida

Gostei imensamente de trabalhar contigo no curso de pós graduação no sábado. Apreciei teu senso crítico do ponto de vista da percepção social. 

Pois bem, minha amiga, hoje Marconi Perillo deu depoimento na CPMI. Falou, falou e falou, mas não esclareceu nada porque seus compromissos políticos, extremamente corrosivos ao povo de Goiás, não foram tocados. Deu um testemunho burocrático e teatral, que nada esclareceu. 

A maioria do povo aqui em Goiás não engole essa farsa teatral. O problema essencial é a política corrupta neoliberal, que privatiza o Estado, fazendo com que o verdadeiro  “encachoeiramento” ultrapasse Carlos Cachoeira e atinja a justiça social. Em nenhum momento toucou-se nas violências e truculências desrespeitosas que esse grupo promove aqui em Goiás. A democracia aqui é barbaramente achincalhada ao estilo dos coronéis, muito bem representados pelo culto que fazem ao bandido bandeirante Anhanguera, cuja estátua se ergue ameaçadora e perversamente no cruzamento das avenidas Goiás e Anhanguera, aqui em Goiânia. Impressionante o quanto a esquerda no parlamento federal se esmagou com a demagogia perilliana e não enfrentou a mais profunda fonte da corrupção que atinge esse Estado. Fica a impressão de acórdão amplo, geral e irrestrito. Espremeram-se quando o relator sugeriu ao coronel que ofereça a abertura de seus sigilos bancários e telefônicos. Os representantes do povo não entenderam o artigo do Governador Tarso Genro sobre as verdadeiras causas da corrupção. Silenciaram e envergonharam.

Não quero concordar com o vacilante Senador Pedro Simon, mas é verdade que o povo deve mobilizar-se e pressionar por mudanças. O povo deve tomar as praças e espaços à frente dos poderes executivo, judiciário e executivo e ir para cima dessa gente.

Marconi Perillo não me convence como não me convenceu sua eleição. Sem sensibilidade e num verdadeiro atentado à inteligência do povo se disse  vítima de perseguição. Ora, coitado. 

Abraços críticos e fraternos, minha amiga.




Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato