Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

terça-feira

Viva, sinal de esperança em Goiás!

 

Caro Deputado Luís Cesar Bueno 

Parabéns por sua iniciativa em colher assinaturas para propor CPI na Assembléia Legislativa com o objetivo de  apurar as ligações de Cachoeira com a "cachoeira" de corrupção no Estado de Goiás e no país.  Por favor deputado, não iniba-se em face das pressões e ameças dos coronéis ajagunçados desse estado. Eles não são mais fortes do que o império da justiça e do nosso povo, tão prejudicado com a cachoeira de desvios de dinheiro público. 

Esperamos o senhor na Praça Cívia no próximo sábado, dia 14, às 9h, para relatar o andamento das articulações da CPI. Como o senhor sabe nosso povo indignado começou o grito pelo "fora Marconi e fora Demóstenes".

Estranho que seu colega e pastor evangélico Fábio Sousa, membro da diretoria da Assembléia Legislativa, ainda não levantasse a voz evangélica e profética contra essa podridão que escoa de Goiás para o Brasil todo.  

Mais uma vez parabéns Deputado Luis Cesar Bueno por sua iniciativa. O povo de Goiás agradece por sua honradez e compromisso.

 Abraços críticos e fraternos desse peão da justiça social. 

 

Assembleia de Goiás deve instalar “CPI Carlinhos Cachoeira"

Deputado autor do requerimento afirma ter 13 assinaturas e mais três deputados estão dispostos a assinar o documento nesta terça

Wilson Lima 
A Assembleia Legislativa de Goiás (AL-GO) está próxima de instituir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a relação de políticos e de membros do poder executivo estadual com o empresário de jogos de azar, Carlinhos Cachoeira.


O deputado estadual Luís Cesar Bueno (PT), autor do requerimento pedindo a instalação da CPI, afirma ter 13 assinaturas, de 14 necessárias. Três integrantes da base do governo já se manifestaram a favor da investigação. Eles devem ser assinar oficialmente o documento de instalação da CPI nesta terça-feira (10).

Segundo o deputado estadual, a intenção da CPI é saber ao certo quais são as ramificações dentro do aparelho estatal da estrutura criminosa montada por Carlinhos Cachoeira. Ele acredita que isso pode ter colaborado para o aumento da criminalidade no Estado. No sábado (7), o iG revelou, com base no inquérito da Polícia Federal (PF) da Operação Monte Carlo, que as polícias Civil e Militar estavam a serviço de Cachoeira para a abertura e fechamento de bingos.

Já nesta segunda (9), o iG mostrou que o grupo de Cachoeira indicava até promoções de membros da Polícia Militar de Goiás (PM-GO). “Estamos diante de um mega escândalo”, avaliou o petista. “As investigações da Polícia Federal indicam pelo menos 89 pessoas envolvidas, entre eles estão políticos e membros do Estado. Precisamos saber até que ponto vai isso”, complementou.


Na semana passada, surgiram revelações de que Carlinhos Cachoeira teria um vínculo com o então presidente do Departamento de Trânsito em Goiás (Detran-GO), Edivaldo Cardoso. Ele pediu exoneração do cargo. A chefe de gabinete do governador do Estado, Marconi Perillo (PSDB), Eliane Pinheiro, também pediu para se desvincular do executivo após ser flagrada em conversas telefônicas com Cachoeira. Nas conversas, ela falava sobre operações da Polícia Federal de Goiás com Cachoeira.

Fonte: Último Segundo

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato