Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

sexta-feira

Agora entendo porque policiais obedecem a ordens injustas e perversas

Moradora relata abuso sexual de PM na desocupação do Pinheirinho



ANDRÉ CARAMANTE
DE SÃO PAULO
Folha de São Paulo
Atualizado às 22h35(03/02/2012).

Um grupo de policiais militares é investigado sob suspeita de ter cometido uma série de abusos contra moradores da área do Pinheirinho, em São José dos Campos (97 km de SP). 

Veja imagens da reintegração no Pinheirinho
Homem é agredido por PM após reintegração

Prefeitura registra queixa contra manifestantes do Pinheirinho
Líder do MST ataca Judiciário sobre decisões de reintegração
Sem-teto fazem protesto em Brasília contra ação no Pinheirinho
Polícia apreende armas de GCMs em investigação no Pinheirinho
 
Uma moradora afirmou ao Ministério Público Estadual que, durante a desocupação da área, em 22 de janeiro, um PM a obrigou a fazer sexo oral nele e também teve seu corpo tocado pelo militar. 

O depoimento foi prestado ao promotor João Marcos Costa de Paiva e acompanhado pelo senador Eduardo Suplicy (PT), no dia 1º. 

Há também relatos de que PMs comeram mantimentos de moradores do Pinheirinho durante a desocupação, que um dos militares chegou a ameaçar abusar sexualmente de um jovem que vivia no lugar, e que dinheiro dos moradores foi roubado. 

Os moradores afirmam ainda que policiais consumiram cocaína em um veículo oficial e que levaram a droga para dentro da casa de uma família.

Pinheirinho: Suplicy ouviu relatos de estupros cometidos pela PM


O senador Eduardo Suplicy, relatou no plenário do Senado casos de violência sexual cometidos durante a desocupação de Pinheirinho. Em documento lavrado no Ministério Público de São Paulo (leia abaixo), ex-moradoras denunciaram que foram obrigadas a praticar sexo oral em policiais, entre outras brutalidades. Rapaz que as acompanhava foi empalado com um cabo de vassoura – e encontra-se preso até o momento.


Pinheirinho Pinheirinho

As denúncias são de seis pessoas de uma mesma família - quatro homens e duas mulheres, entre elas um senhor de 87 anos. Segundo o relato, eles sofreram violência física e psicológica, sendo que três jovens - um homem e duas mulheres - sofreram abuso sexual.

Fonte: Página do PT no Senado

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato