Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

terça-feira

Deputado Mauro Rubens denuncia ameaças de atentados contra Pe. Geraldo

Reproduzo abaixo a denúncia do meu amigo Deputado Mauro Rubens a respeito de ameças de morte sofridas por Pe. Geraldo Labarrére. 

Na manhã desta segunda-feira (15), o diretor da Casa da Juventude Pe. Burnier, padre Geraldo Labarrére, foi vítima de mais uma ameaça anônima. Por volta das 10 horas de ontem, um homem ligou para a Casa da Juventude, sem se identificar, e perguntou a altura do padre alegando que precisava da informação para preparar o seu caixão. Preocupado com as ameaças dirigidas ao Padre e outros defensores de direitos humanos, o presidente da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Legislação Participativa (CDH) da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, deputado Mauro Rubem (PT/GO), tomou providências emergenciais em busca de proteção e providências.

Esta manhã, Mauro Rubem e o coordenador da CDH Fábio Fazzion, que também já foram vítimas de ameaças similares, acompanhado pelo padre Geraldo, estiveram em reunião na Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás, no departamento de inteligência da Polícia Civil. Recebidos pelo superintendente da Polícia Judiciária, Álvaro Cássio dos Santos e pelo Dr. João Carlos Gorski, da Gerência de Inteligência da Polícia Civil de Goiás, padre Geraldo relatou as ameaças que vêm sofrendo após a Operação Sexto Mandamento e diante disso, foi encaminhado para a Delegacia Estadual de Investigação de Homícidios, onde será recebido pela titular Dra. Adriana Ribeiro.

Padre Geraldo, que convive com ameaças desde o início dos anos 1980 quando começou a trabalhar com jovens em situação de risco, enviou e-mails a sua rede de contatos logo após receber esta última ameaça reforçando sua vontade de noticiar e propagar tal situação. Para ele, não é o medo, mas o enfrentamento ao crime que terá chance de diminuir essa força dos “passageiros das trevas que, desde sempre, compactuaram com a exigência do silêncio, do segredo, do medo e do oculto para poderem sorrateiramente ganhar mais”.

Além disso, o Mandato Popular do deputado Mauro Rubem já entrou em contato com a Secretaria de Direitos Humanos da presidência da República e com o Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos para relatar a situação e pedir que providências sejam tomadas o quanto antes para proteção dos ameaçados e identificação e punição dos envolvidos nestas ameaças anônimas. Um requerimento também será apresentado pelo petista na sessão plenária de hoje (16) cobrando atenção e proteção dos defensores de direitos humanos ao governador do Estado, Marconi Perillo; ao secretário de estado da Segurança Pública e Justiça, João Furtado e ao Ministério da Justiça e Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Wanja Borges
Assessoria de Comunicação



Reproduzo  aqui também o depoimento  do Pe. Célio Amaro sobre Pe. Geraldo. 

É inacreditável que nesses tempos democráticos a escória dominante se utilize da violência e de atentados para calar os profetas da justiça. 

Meus bons amigos e amigas

    Li com tristeza mais esta matéria denunciando mais uma ameça sofrida pelo meu, e nosso, grande amigo padre Geraldo. O que fazer? Penso que uma grande ajuda que podemos dar e "colocar a boca no trombone."  Não podemos deixar que as forças da morte continuem falando alto e nos intimidando. Somos Igreja. Temos a obrigação moral e ética de defender a Vida, mesmo que isso nos custe a vida. Para quem conhece pe. Geraldo, e também para quem ainda nao o conhece, denuncie! Fale "pelos quatro cantos do mundo" o que está acontecendo com ele. Nao perca tempo! Nas rodas de amigos, de familiares, pela internet, enfim, use todos os recursos possíveis. Tenho certeza que você estará dando sua contribuição. Basta de violência! Nao consigo dormir tranquilo sabendo que querem calar, de forma covarde, este amigo. 

    Uno-me ao padre Geraldo e à juventude, causa de suas andanças e opções! Acredito que o bem, que o amor e a vida vencerão os partidários/as da covardia. Conheço padre Geraldo há muitos anos. Sei do seu amor e da sua causa. Sei do seu amor pela Igreja e pelos pobres, sobretudo, nas feições da juventude.

       Não estou tranquilo diante de tudo o que está acontecendo com ele e com todos e todas que fazem da justiça a motivação para viverem. Por isso peço sua solidariedade!

    Na fraternidade e na vida,

                Pe. Célio Amaro

                         Luziânia-Go


As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato