Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

segunda-feira

Olhos Azuis e Jesus


O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou há poucos dias que essa crise capitalista que sacode o mundo foi produzida por gente de olhos azuis. Evidentemente que a figura “olhos azuis” usada pelo Presidente não tem nada de racista e discriminatória. Trata-se de um símbolo que identifica a origem e os protagonistas da crise. Ela é de responsabilidade - ou da irresponsabilidade - dos macro-capitalistas e imperialistas dos Estados Unidos e da Europa. Os olhos dos “donos” do mundo geralmente são azuis. Claro, a Globo quis mostrar que não é bem assim, elencando alguns diretores negros que estão à frente de grandes bancos. Mas o número é insignificante e não altera o símbolo do Presidente. Portanto, não é a cor dos olhos que interessa mas a responsabilidade dos ricos e poderosos que criaram essa crise terrível e levam o mundo a conseqüências imensuráveis e eles geralmente são de olhos azuis. Os poderosos que acumulam riquezas financeiras, econômicas e patrimoniais incalculavelmente nababescas, causadores da rapina do mundo, da agressão aos humanos pelas guerras, pela exploração da mão de obra e pelo desemprego, têm olhos azuis. A cor de seus olhos não retratam o céu, mas o inferno carregado de nuvens de tempestades destruidoras do bem social. A eles Lula se referiu. E se referiu de maneira delicada. O azul que colore os olhos dos demoníacos dominadores capitalistas internacionais são a marca do terror. Eles criaram o holocausto, eles destroem o Iraque, o Afeganistão, a Palestina, a África, a América Latina e enormes setores pobres do planeta. Eles jogam veneno em nossas águas, atmosfera e terra. Eles jogam os povos uns contra os outros. Eles matam e mandam matar sem a menor sensibilidade. Eles são insensíveis com os trabalhadores, com suas famílias e com o planeta. Seus demoníacos olhos azuis simbolizam o mal que impetram sobre todos nós. Eles estão por trás das grandes máfias de todas as naturezas que manipulam diabolicamente toda a humanidade. Sua emoção orgástica é o lucro, é o deus dinheiro. É a eles que Lula se referia, de modo jeitoso e delicado, preservando os espaços de manobras e de negociação com o diabo.

Por outro lado, foi emocionante o modo como Lula enfrentou a provocação de uma jornalista na França, numa entrevista coletiva. Esta, certamente a mando dos donos de seu jornal, a serviço dos olhos azuis do chamado mundo central, pediu cinicamente desculpas a Lula pelos seus olhos azuis. É evidente que uma jornalista sabe quem é Lula e o que ele representa, como sabe o que ele quis dizer com a figura dos olhos azuis. Sua provocação foi de conteúdo farisaico, objetivando colocar o Presidente em maus lençóis e em contradição. Mas nosso Presidente não graduado em nenhuma faculdade, não mestre e doutor em nenhuma universidade, como o vendilhão FHC, deu uma resposta de PHD em sabedoria e inteligência. Disse: “sabe? Enquanto você me fazia a pergunta eu olhava para seus olhos azuis e via que você não tem rosto de banqueira, mas de vítima deles”. Além da frase, o que mais me chamou a atenção na fala de Lula foi sua tranqüilidade, seu sorriso, seu olhar meigo e compassivo com a jornalistae, sua fala mansa e carregada do afeto dos oprimidos e explorados do Brasil e do denominado mundo periférico. Características humanas que os opressores de olhos azuis, capitalistas e imperialistas não têm. Pelo contrário, seus olhos são encharcados de bebidas, de drogas e de comidas caras roubadas dos pobres, reflexivos de uma classe de exploradores e vampiros do sangue de quem trabalha. Imagino o quanto FHC, os que têm ciúme e medo do 1 milhão de casas, que é pouco, que serão entregues aos trabalhadores, dos que sentem inveja do setor pobre que agora come 3 vezes por dia no Brasil, do ódio que devem sentir de Lula numa resposta que enfrenta os fariseus e denuncia os responsáveis pela entrega dos bens de nossa Pátria aos ladrões e salteadores que levam o mundo ao desespero.

Pensando na provocação da jornalista na França e na resposta de Lula, me lembrei de minha amiga Professora Rosa Elena Veríssimo Khun. Numa celebração em Triunfo, no RS, ela interrompeu a humilia que eu fazia para dizer que não cria que Jesus tinha olhos azuis, como retratam as pinturas e obras européias. Na época, estudante de história da Unissinos, Rosa debatia a lógica antropológica dos habitantes de uma região de maioria negra, entre a África e a Ásia, que Jesus não poderia ser de pele branca e de olhos azuis, como os colonialistas e sua religião colonial queriam fazer crer. Anos depois uma hipótese de pesquisadores confirmou a tese de minha amiga. Para a pesquisa Jesus realmente tinha um rosto com características negras, cabelos enrolados e curtos, olhos e pele negras. O meu amigo Pe. Colombo da Rádio São Francisco de Caxias do Sul sempre me entrevistava sobre bíblia e tal. Perguntou-me certa vez no ar o que eu pensava sobre a hipótese dos pesquisadores. Advoguei que me parecia uma idéia aceitável e sustentável logicamente, pois Jesus era palestino, membro de um povo, na maioria, de pele negra. Ele poderia muito bem ser negro e não ter olhos azuis. Por quê não? O Pe. Colombo não gostou da resposta e nunca mais me entrevistou. Será que ele gosta dos olhos azuis dos que dominam o mundo?

Para mim a cor dos olhos de Jesus é secundária. O que importa é o que ele disse e fez. E o que ele disse e fez não combina com os olhos azuis desses endemoniados que destroem os que mais ele amou e ama e as obras da criação do Pai, que são os pobres, os trabalhadores e o planeta terra.

Aliás, o que Nosso Jesus disse e fez pede que Lula e seu governo avancem ainda mais. Há muito por fazer. Os banqueiros no Brasil nos assaltam diariamente, embora sem armas, mas com poderosos mecanismos sofisticados de roubo. O governo é pressionado a avançar em reformas: agrária, urbana, política, da comunicação, educação, saúde, sistema financeiro, justiça, econômica etc. Nossa realidade pede mais justiça com distribuição de renda e mais empregos. É isso o que importa. A oportunidade é agora.

Dom Orvandil: Bispo Cabano, Farrapo e Quilombola.

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato