Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

quarta-feira

Lula reprova agressão à Líbia: “Essas invasões só acontecem porque ONU está enfraquecida”


“Em vez de mandar avião para bombardear a Líbia, a ONU deveria ter mandado um representante para negociar a paz”, afirmou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante jantar promovido pela comunidade árabe do Brasil em sua homenagem, na segunda-feira (21). A homenagem aconteceu no Clube Monte Líbano, em São Paulo, organizada pela Fundação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras). 

Lula afirmou que “essas invasões só acontecem porque a ONU está enfraquecida. Se ela tivesse a representação do século 21 e não a do século 20, certamente, em vez de mandar aviões para bombardear, teria mandado o secretário-geral da ONU para conversar”. “Sou solidário à posição do Brasil que se absteve na ONU contra a invasão [à Líbia]”, declarou o ex-presidente, aclamado pela platéia de mais de mil pessoas.

Na cerimônia, houve um minuto de silêncio para as vítimas do terremoto e do tsunami no Japão e também para as “vítimas civis”, referência à população civil atingida pelos bombardeios na Líbia. Em solidariedade, Lula também se levantou.

Lula criticou o preconceito contra os muçulmanos contido nas chamadas “operações de segurança”, rejeitando o rótulo de “terrorista” com o qual os americanos e sionistas tentam colar no povo palestino. O ex-presidente lembrou a política de seu governo de aproximação com o mundo árabe, destacando que isso rendeu um aumento de 167% no comércio entre o Brasil e os países árabes.

O presidente da Fambras, Mohamed Hussein El Zoghbi, destacou a aproximação do país com o mundo árabe nos últimos oito anos de governo Lula.
 

Fonte: Hora do Povo

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato