Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

quarta-feira

João Paulo Naves Fernandes disse: William Boner: de ovelha a lobo



Quem assistiu a entrevista da Dilma no "Jornal Nacional", percebeu, caso tenha um pouco de sensibilidade, a ferocidade de William Bonner e Fátima Bernardes, no interrogatório que fizeram, endurecendo-se sem o humor do"Casseta & Planeta".

Foram perguntas inquisitivas, interrompidas para novas perguntas sem tempo para respostas, cobertas de destempero, para provocar a candidata Dilma a perder seu humor e irritar-se, para que eles obtivessem o seu resultado, que era o de mostrá-la temperamental e rígida. Ficaram no "Ti Ti Ti".

Não aconteceu; ao contrário, Dilma mostrou-se polida, ainda que tivesse o direito de realmente irritar-se com a provocação. Foi uma verdadeira "Sessão de Gala" da candidata.

Neste aspecto ela mostrou grande capacidade de diálogo, no que é principal, a saber, manter o bom nível, diante do contraditório. Lembrou o Galvão Bueno na forma de contornar dificuldades, naquela "Tela Quente"

Mas esta ferocidade não esconde um fato: de que a mídia tem sim uma irritação crescente vendo que não está surtindo efeito seus analgésicos alienadores.

"A Senhora não teve carreira política."..
"A Senhora é considerada rígida"...
"A Senhora fez aliança com Sarney, Collor"...
"O PT estava certo antes e agora..."
Fizeram perguntas cheias de "Passione"

Provocação não faltou. Percebia-se um comichão mexendo no assento de suas cadeiras balançantes, tamanho o êstase em proferir tantas "cobras e lagartos"

Mas não vai acabar assim.
 
Fonte: Pó das Estradas.

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato