Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

segunda-feira

Ver os fatos de um lado só não é construir verdade e justiça

BSOLUTISMO midiático quer impor DITADURA


O Reino das Verdades Absolutas

 

É comum pensar que todo político é corrupto. Essa generalização não acontece à toa, temos milhares de exemplos na história de nosso país que corroboram com a afirmação. A Política começa na esperança da população de mudar e melhorar a situação do país, e o que normalmente ocorre é a quebra dessa confiança com políticos que prometeram e não cumpriram. No caso do mensalão, o que se vê são todos os grandes veículos de comunicação denunciando e afirmando a culpa denunciada sem ter a preocupação de mostrar as provas do que eles falam. Enquanto a população comemora a condenação e as penas dadas pelo “herói” Joaquim Barbosa sem ter acesso a todas as informações e sem ouvir os dois lados dos acontecimentos para discutir.

Em um país que só um lado é ouvido e colocado como verdade absoluta, não existe uma discussão justa e, consequentemente, a democracia não é respeitada. O Supremo se valeu da tese de que a DNA, de Marcos Valério, recebeu R$ 73,8 milhões do Banco do Brasil, via Visanet, mas não prestou os serviços. O dinheiro teria ido para sustentar a propalada compra de votos na Câmara (que também nunca se provou) e seria público. Veículos como a revista Retrato do Brasil e a blogosfera progressista demonstram constantemente provas que desmentem as acusações e até mesmo confirmam a participação da Editora Abril e a Globo (maiores críticos do Mensalão, vejam a hipocrisia) no “desvio” de dinheiro.

Não há provas que sustentem a condenação dos réus por corrupção e desvio de dinheiro público. Tudo é feito para prejudicar o PT e denegrir a imagem do Partido. Um caso claro disso foi à condenação de Henrique Pizzolato (Petista) por desvio de dinheiro da Visanet para a DNA. Henrique não tinha poder dentro do Banco do Brasil para realizar a transação e, como já foi visto no blog, documentos provam que os responsáveis pelo “ato de ofício” foram: Léo Batista dos Santos, Claudio de Castro Vasconselos e Douglas Macedo. Todos nomeados no governo FHC e excluídos da ação penal movida por Joaquim Barbosa, em uma decisão monocrática e sem o conhecimento do plenário (= demais juízes).

Lutamos durante anos contra a ditadura e a favor da liberdade de expressão. Pessoas como José Dirceu, João Paulo Cunha, Henrique Pizzolato, José Genuíno e Delúbio Soares continuam afirmando inocência sem ter o espaço necessário na mídia para se defender da aberração construída pela PGR/MPF com o apoio do relator Joaquim Barbosa. Para que a democracia seja respeitada temos que discutir com propriedade intelectual, boa vontade e honestidade. A população deve ter acesso aos dois lados da história para que haja equilíbrio e justiça, e assim decidir em que lado está e no que acredita. Não vamos para a discussão para “ganhar”, mas para descobrir a VERDADE que os documentos da própria AP 470 comprovam. É SIMPLES ASSIM.
MEGACIDADANIA
Obs.: a imagem acima está disponível em:
http://megacidadania.com/2012/12/10/absolutismo-midiatico-quer-impor-ditadura/

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato