Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

terça-feira

Condenado por amar e por não ser pedófilo. Pode?

 Um padre amigo meu procurou seu bispo para compartilhar sua angústia em virtude do grande amor que sentia por uma mulher. Desejava casar-se mas sentia-se imensamente vocacionado para o minstério sacerdotal. Resultado, seu bispo concedeu-lhe liberação do sacerdócio e o condenou a esconder-se para encobrir a vergonha de amar uma mulher.

Atitude discriminatória e inquesitorial medieval, não é?


 

Papa aceita renúncia de bispo argentino flagrado com mulher em praia do México

Bispo da diocese argentina de Merlo Moreno, Fernando María Bargalló, renunciou após fotos revelarem mulher com quem tem vínculo amoroso

AFP |
AFP
O papa Bento 16 aceitou nesta terça-feira a renúncia do bispo da diocese argentina de Merlo Moreno, Fernando María Bargalló, envolvido em um escândalo amoroso após a divulgação de fotos que o mostram ao lado de uma mulher em uma praia do México, informou a secretaria de imprensa do Vaticano.
Reprodução
Bispo da diocese argentina de Merlo Moreno, Fernando María Bargalló, aparece com mulher em praia do México
A renúncia foi aceita segundo o artigo 401, parágrafo 2, do Direito Canônico que dispõe o afastamento do religioso da diocese "por doença ou causa grave", afirma um comunicado.

O papa nomeou como substituto provisório o bispo emérito de San Isidro, monsenhor Alcides Jorge Pedro Casaretto, de 75 anos, com o título de "Administrador Apostólico ad nutum Sanctae Sedis", expressão que indica que ele permanecerá no cargo de Administrador Apostólico até que a Santa Sé designe o novo bispo diocesano.

Bargalló havia apresentado a renúncia na segunda-feira à Nunciatura Apostólica, a representação do Vaticano na capital argentina.

A princípio, Bargalló afirmou que a mulher na foto era uma amiga de infância, mas, na sexta-feira, pressionado, admitiu o vínculo amoroso aos padres de sua diocese e apresentou a renúncia.

O bispo era considerado um dos favoritos para substituir o cardeal Jorge Bergoglio como arcebispo de Buenos Aires.

O escândalo teve início com uma série de fotografias que mostram o bispo, de 57 anos, no mar abraçado com uma mulher, que segundo a imprensa seria a empresária Mariví Martínez Bo, de 56 anos.

O bispo foi eleito por dois períodos consecutivos como presidente da instituição Cáritas Argentina, na qual ficou até novembro de 2011.

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato