Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

quinta-feira

Lady Gaga protestou contra lei imigratória em show no Arizona


A cantora pop americana Lady Gaga protestou contra a nova lei de imigração do Arizona, considerada discriminatória por grupos de direitos humanos. Ela se manifestou no palco, durante um show no estado, na cidade de Phoenix, no último sábado (31), convocando o público a se manifestar contra a lei estadual.

Em pleno palco, a cantora contou que recebeu telefonemas de outros artistas pedindo que ela boicotasse o evento em Phoenix mas, em vez de aderir, preferiu ir e conclamar as pessoas que também são contra a lei para que manifestem suas opiniões.

"Não vou cancelar o meu show. Nós temos de ser ativos. Temos de protestar... Eu vou berrar e gritar mais e mais forte. Eu vou apoiá-los e nós daremos apoio uns aos outros. E vamos protestar de maneira pacífica contra este Estado", disse.

A nova legislação entrou em vigor na última sexta-feira (29) com seus pontos mais polêmicos bloqueados por uma liminar da Justiça Federal dos EUA. O protesto foi aplaudido pela maioria dos 14 mil pagantes, segundo o jornal Arizona Republic.

Gaga relatou, no final do show, a história de um garoto que conheceu durante sua estadia de dois dias no Estado. "Encontrei um garoto sofrendo... Ele me disse que sua casa foi invadida [pela polícia] por causa de uma fatura do estacionamento ou algo assim. Eles [polícia] levaram seu irmão, que agora está no México... Isso é realmente nojento. É importante que as pessoas entendam que se vive um estado de emergência [no Arizona]", colocou.

De acordo com o texto original, as autoridades do Arizona têm obrigação de averiguar a situação de quem aparentar ser imigrante ilegal, algo que críticos dizem ser uma forma institucionalizada de discriminação. Partidários dizem que a medida ajudará a combater o narcotráfico e outros crimes.

"A natureza da minha turnê é protestar ativamente contra o preconceito, a injustiça e a merda que se impõe sobre a nossa sociedade, sobre vocês. Porque vocês são superstars, não importa quem vocês sejam nem de onde tenham vindo, e vocês nasceram assim!", conclamou a sensação pop do momento.

Nesta terça-feira (03), a rede MTV divulgou que a cantora recebeu 13 indicações para o prêmio VMA (Video Music Awards), batendo um recorde em número de indicações da premiação, que existe desde 1984.

A autora de Bad Romance e Paparazzi alegou que o boicote de "um punhado de astros pop" não funcionaria para forçar o governo do Arizona (sob Jan Brewer, do Partido Republicano) a retroceder. Ela ainda defendeu a posição dos imigrantes nos EUA e foi enfática ao comentar o papel deles na sociedade norte-americana.

"Não tenham medo, porque se não fosse por todos vocês, pelos imigrantes, este país não teria merda nenhuma", afirmou.  O vídeo que mostra o discurso de Gaga no palco já teve mais de 14 mil visualizações no portal YouTube apenas no sábado.

Estima-se que haja 11 milhões de imigrantes ilegais vivendo e trabalhando nos EUA, uma questão que promete gerar grande polêmica na campanha para a eleição legislativa deste ano no país.

O presidente Barack Obama, cujo Partido Democrata luta para manter a maioria no Congresso, apoia uma reforma profunda das leis de imigração, que reforce a vigilância nas fronteiras e nos locais de trabalho, mas que abra caminho para a regularização de imigrantes ilegais

Fonte: Com agências

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato