Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

segunda-feira

Foi à TV mas não disse nada. Como crer em cristão de direita e omisso?




Caro Elieser

Tua amizade me honra e tua participação na luta militante é um bem para o povo. Digo isso num momento em que muitos evangélicos e católicos descambam para a direita e trilham caminho lamentavelmente moralista e farisaico. Marcados pelo triste farisaísmo apoiam perigosamente parlamentares e governantes autoritários, com teor nazifascista. Parece que, nesse momento, evangélico e católico carismático necessariamente têm que ser de direita ou alienado, o que dá quase na mesma. Felizmente, no teu caso não é assim e com tua postura provas que ser evangélico há como ser fiel a Jesus, o Jesus de Nazaré, situado e ativo em contexto violento e massacrado pelo império romano, mas sempre ao lado dos humildes, dos pobres e dos trabalhadores e não a favor dos fariseus e entreguistas, ao lado de quem se situaram.

Aqui em Goiás, onde governa um governador de direita, que não dialoga com os professores e que impõe medidas políticas e econômicas anti sociais, que fazem o povo sofrer, há também deputados evangélicos filiados e militantes em partidos de direita. Há dias levanto questões a dois deles, um estadual e outro federal, ambos integrantes do partido da privatização e de direita, o PSDB. Pergunto-lhe como podem dizer-se pregadores e seguidores de Jesus que lutou ao lado dos pobres  e, ao mesmo tempo, integrar a direita discriminadora e desumana, que aqui em Goiás coliga-se com outro mais de direita ainda, o partido do conservador Ronaldo Caiado, o Demo. Nessa semana o Senador desse partido, Demóstenes Torres, aparece na impressa envolvido em intimidades com o bicheiro e marginal Carlinhos Cahoeira. Ora, esse  Senador, aliás, extremamente arrogante e autoritário , que faz questão de mostrar-se santo e paladino da moral e dos costumes, foi apanhado pela própria mídia, que o apoia,  metendo as mãos no cofre do marginal Cahoeira. Lastimavelmente, iludindo a boa fé de muitos evangélicos, os deputados Fábio Sousa e João Campos, ambos pastores de igrejas poderosas, apoiam esse Senador. Também apoiam o governador Marconi Perrillo, que aparece no noticiário envolvido pelo mesmo Carlinhos Cachoeira. Afinal, de que lado estão Fábio Sousa e João Campos, de Jesus ou de Barrabás? 

Pois bem, pressionado pelo meu blog, que não pára de denunciar profeticamente os que traem o projeto de um Brasil mais justo, pelo qual lutamos até mesmo com sacrifício, ontem o pastor, delegado e deputado federal João Campos foi à televisão se explicar. Mas não foi verdadeiro: não mencionou esse blog, certamente para não colocar água em nosso moinhinho e, pior, arrogantemente enrolou os telespectadores afirmando que o ministro Gilberto Carvalho não foi agredido pela dita bancada evangélica, como inúmeros órgãos sérios denunciaram e que os parlamentares evangélicos apenas conversaram amistosamente com o ministro, tratando dos interesses da sociedade, que não disse quais. Cinicamente disse que esperava que o ministro pensasse bem em tudo o que a bancada lhe falou.

Pois é, amigo Eliezer, creio que tu mesmo te escandalizas com tais atitudes. O modo como esses deputados agem, refiro-me a Fábio Sousa e João Campos, não deixa nada a dever às velhas reposas, que se disfarçam de coelhinhos de páscoa para enganar as crianças e os ingênuos. Não dialogam, não se revisam, não aceitam criticas e fogem quando alguém os questiona e lhes pede para conversar. 

Abraços, meu amigo e fiel irmão.

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato