Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

domingo

Um depoimento especial




Cara irmã evangélica de São José dos Campos – SP
1.       Muito agradecido por acessar e ler meu blog, minha irmã em Cristo. Isso me honra muito, creia-me. Conto com grande número de leitores/as entre os crentes de todas as confissões. Recebo manifestações de muitos/as que imprimem textos daqui e levam para debates em seus vários seguimentos. Que bom. Essa é uma modesta contribuição com o debate sobre nosso País e as possibilidades de construirmos outra sociedade predominada por mais justiça.

2.       Sua mensagem demonstra muita fé e fidelidade à sua Igreja (A Primeira Igreja Batista em São José dos Campos). Isso é ótimo, minha irmã. A fé alimenta a luta, o pensamento progressista e avançado em favor de mudanças. Conheci durante a ditadura inúmeros/as cristãos/ãs que enfrentaram o terror graças a sua fé engajada na luta. Muitos/as foram presos/as e outros /as mortos/as sob tortura. Mas nunca abandonaram a fé no Jesus que salva e liberta. Constituem-se em autênticas nuvens de testemunhas. Crer e lutar por sociedade nova não são incompatíveis. O que é  contraditório é “ser” "cristão/ã" de direita, como demonstrei no artigo sobre o bispo e o padre politicamente dissimulados, que pregam abertamente o golpe contra a democracia e mentem deslavadamente para seus seguidores. Isso sim é incompatível com a fé. Cristãos/aos não podem defender sistemas que matam de fome, que desempregam, que roubam as riquezas do País, que pisam na justiça etc. Propagandear e votar em José Serra, como o faz seu Pastor Senior, é anti-cristão. Serra prestou os piores desserviços à nossa Pátria e ajudou a esmagar nossa auto-estima. Ele odeia os pobres e o povo. O sorriso dele e seus abraços em pobres nos programas eleitorais são teatrais. Serra é nariz empinado e arrogante. Não sou eu que digo, mas quem trabalha com ele. Não se pode descurar, querida, que a direita tem raízes nas piores crueldades  paraticadas contra a humanidade, como a escravatura, o nazismo, o fascismo, as ditaduras militares, o neoliberalismo, o atraso no desenvolvimento, venda do Brasil etc. José Serra liga-se a tudo isso. Não é nada pessoal  contra ele. A escolha é dele. Seu pastor  denfende essas coisas bárbaras, que nós não devemos escolher.


3.       Você demonstra preocupação com as pressões que seu pastor faz para que os membros de sua igreja votem em Serra, constrangendo quem pensa o contrário dele. Você diz que as religiões devem mesmo incentivar a reflexão política, mas não se envolver partidariamente. É verdade. Há que se cuidar para não aparelharmos as religiões e as igrejas. Partido é partido e igreja é igreja. Mas os/as cristãos/ãs devem se posicionar politicamente em favor da justiça, estudar os textos bíblicos que tratam disso e tomar posição participando dos movimentos sociais e militar em partidos progessistas em favor de mudanças. Estudar textos clássicos como os de Marx. O problema é que a direita usa a religião para enganar os seguidores. O ex-presidente do Estados Unidos, Ronald Reagan, chegou a criar um tal Instituto da Criação para cooptar pessoas das igrejas para sua proposta direitista e terrorista. Isso é hábito acontecer como os ditos “cristãos” de direita. Mas penso que essa ala entrará em crise aqui no Brasil após as eleições. Retomaremos a linha pastoral e teológica ecumênica dos/as cristãos/ãs que amam o povo e lutam ao seu lado. Portanto, Dilma e Serra são duas propostas antogônicas. Nem é questão restritamente partidária, mas de escolha em sermos a favor ou contra o Brasil e nosso povo. Votar em Serra é ser contra o Brasil. Basta analisar o que o governo dele com FHC fez para desmontar e vender o Brasil. Serra deve ser varrido da vida política como traidor e pernicioso à saúde política, econômica e social. Ele faz mal à nossa saúde e à nossa vida. É questão de vida e morte, minha irmã.


4.       Finamente, ouso lhe dar uma humilde dica. Não desanime. Geralmente esse tipo de gente costuma perseguir quem procura servir Jesus na luta por um mundo mais justo. Mas isso deve  fortalecê-la e não desanimá-la. Comigo aconteceu muita perseguição por parte de gente assim. Houve momentos em que mais precisei de apoio e de solidariedade de bispo e de colegas padres e pastores, mas pelo fato serem contra a luta na qual me envolvia e cria aproveitaram para tentar me destruir. Tive um bispo que ao visitar minha paróquia  procurava se hospedar com os mais aquinhoados, nas refeições no salão paroquial procurava sentar-se ao lado dos mesmos para falar sobre  automóvel do ano e outras superficialidades. Pedia-se para que falasse sobre a relidade, mas ele nada tinha a dizer.  Quando foi para me apunhalar pelas costas, me humilhar inclusive junto à minha família e me  julgar foi com aquela gente  que ele contou. Esse tipo de “cristão” não é de confiança, minha irmã. Eles se amancomunam com os fariseus e com o demônio, mesmo falando em Jesus e serem bons em liturgia, em discurso etc.
Portanto, siga Jesus e procure entender sua luta na Palestina e com quem ele se envolveu. Tenho certeza de que sua fé se fortalecerá e você dará excelente testemunho de amor ao povo e de luta libertadora. O caminho político mais justo e descente é junto com o povo, com os trabalhadores. Não vá atrás das mentiras desse pastor contra a Dilma. Não pense que ele é inocente e santinho.  Ele sabe o que faz. A direita é farisaica e mentirosa. Leia sobre os fariseus no evangelho e constatará.
Deus a abençoe e forças, minha irmã. Não desanime. Jesus a ama!

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato