Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

quinta-feira

Seguimentos evangélicos e sionistas desprezam Jesus e pisam nas vítimas de Israel

Cadáveres de crianças em Gaza, assassinadas por Israel .




Prezado pastor Gerivaldo

Admiro-te como evangélico e pastor pentecostal. Tua fé é a concepção dos que entendem que o Espírito Santo não pode ser força diversa de Jesus de Nazaré, profundamente envolvido no movimento pela justiça em favor dos pobres e oprimidos na Palestina do século primeiro de nossa era. Em nossa conversa nesta quarta-feira vi um homem tomado pela consciência de cristãos que lutam por mudanças no mundo. Tuas convicções são prenhes do canto atribuído à Maria, mãe de Jesus. Não tergiversas sobre a necessidade de derrubar de seus tronos os poderosos e elevar os pobres e oprimidos.

Pois bem, meu irmão, choca ler notícias de evangélicos pentecostais absoluta e vergonhosamente divergentes de ti. Chegam ao cúmulo de subir o monte da direita agudamente nazista e terrorista para contemplar a glória de um deus assassino. Tal postura transcende a mera ignorância na leitura da Bíblia para atingir status ideológico terrorista, fundamentalista, racista e discriminatório.

Ontem abri o site Gospel Notícias, um sítio eletrônico evangélico,  e me estarreci com o que tal jornal denominado  Jawisc Telegraph noticiou sobre a opinião de um falso militante do Hamas, o grupo palestino que defende seus direitos a morar em Gaza e luta contra o terror sionista apoiado pelos Estados Unidos e pela Europa. 

Thiago Chagas, responsável pela matéria terrorista, enfia na boca do que denominou de extremista do Hamas, que prega a destruição do povo judeu, uma frase típica dos fundamentalistas ocidentais que atribuem todos os horrores ao tal deus neoliberal que cultuam, sempre de joelhos ao sanguinário Estados Unidos e a Israel, insaciáveis de cadáveres de crianças palestinas. Isto é, já quase sem disfarces, os fundamentalistas já deslocaram o tal céu endereçado no nada, onde diziam entronizar-se esse deus carrasco, vingativo, esfomeado de dízimos dos pobres e doentes, para Washington, sede do governo estadunidense e do Pentágono sanguinário, criador e mantenedor de guerras.  

Thiago Chagas sita uma frase do tal militante do Hamas sem mencionar seu nome, seu posto naquela organização, nada: “Nós apontamos para os alvos, mas o Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes em pleno ar”. O autor da “notícia”, encharcado dos preconceitos e ódio da mídia imperialista acrescenta: “disse o terrorista do Hamas, referindo-se ao fato dos disparos não atingirem os alvos”.

Contudo, basta ler cuidadosamente a notícia falsa para percebermos as mentiras e os fundamentos da “fé” que movem o racismo, a discriminação e o ódio, alimentos  da guerra contra Gaza: “Amém! Quando o nosso Deus não está ocupado fazendo isso, nos deu o poder de criarmos alta tecnologia, para que nossa avançada tecnologicamente criasse o sistema de defesa Domo de Ferro, que ajuda a proteger nosso povo e nossas cidades”, ‘acrescentou a jornalista Barbara Ordman, correspondente do Jewish Telegraph na Cisjordânia’.

Claríssimo, o deus desse tipo de credo é um fantoche montado para sustentar o terror que o sionismo israelita promove contra os indefesos palestinos, numa chacina a dar inveja ao holocausto nazista promovido por Hitler, tudo com o apoio de lideranças evangélicas fundamentalistas. Para justificá-lo vale o uso indiscriminado, desordenado, acrítico e caótico de textos bíblicos, cuspidos de modo rápido para impedir a reflexão inteligente.  Nessa armação invertem as definições: os verdadeiros terroristas passam a ser vítimas – os sionistas – e as vítimas – os palestinos e seu exército popular Hamas – os terroristas. Esse é o mesmo discurso de Obama, dos líderes europeus e de seguimentos evangélicos, todos de direita e dispostos a construir aqui no Brasil um Estado teocrático, tão assustador pelo racismo, discriminações, exclusões e fundamentalistas quanto o Estado sionista de Israel. 

Os fundamentalistas daqui quanto os terroristas sionistas de lá espetacularizam os milagres, estes sempre a serviço da casta dominante, rica e exploradora. Para tanto, a jornalista sionista Barbara Ordman chega ao ponto de parafrasear o fundador de Estado sionista, David Ben Gurion, aliado de Adolfo Hitler na defesa de seus interesses no Oriente Médio, ao narrar a rotina cotidiana do povo hebreu: “Em Israel, para ser realista, você precisa acreditar em milagres”, referindo-se ao sucesso assassino das forças armadas israelitas. 

Por tua fé no Jesus palestino é que te admiro, pastor Gerivaldo. Tu eu não cremos num deus da guerra, num deus dos que abençoam as armas para matar inocentes, num deus que usa a tecnologia poderosa a disposição da OTAN e de Israel, como denunciam o filósofo polonês Adan Chaff e o filólogo estadunidense Noam Chomski. Não cremos num deus assim tão covarde que precisa de altas tecnologias e da insensiblidade dos poderosos para massacrar os pobres, como os nossos irmãos palestinos. Não cremos num deus armado até os dentes para chacinar crianças indefesas, mulheres discriminadas, velhos descartados e doentes empilhados em hospitais bombardeados. Não cremos num deus que divide o mundo no qual a justiça dos poderosos é injusta e destruidora dos direitos dos pobres e inocentes. Não cremos num deus alimentado pelo trafego de petróleo que move os carros de americanos e europeus indiferentes e que deixa nas civilizações originárias dessa matéria prima como pagamento a miséria, a violência e o aviltamento dos direitos.

Ontem correu pelo mundo uma foto de judeus sionistas fazendo de um morro nas proximidades de Gaza arquibancada para torcer pelo exército israelita matando crianças, doentes, mulheres e velhos. Cada bomba que caia merecia comemorações, como gol num estádio de futebol. Não creio no deus deles e na sua doentia concepção de que são raça superior.

Abraços críticos e fraternos na luta pela justiça e pela paz.
Dom Orvandil: bispo cabano, farrapo e republicano, completamente ateu do deus sionista, fundamentalista e imperialista.




Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato