Novo endereço

Este blog mora em outro endereço. Acesse +Cartas e Reflexões Proféticas e divulgue, por gentileza!

Pesquisar este blog

terça-feira

Mulheres negras, orixás, umbandistas etc lutam contra o machismo

Mulheres de Terreiro discutem desenvolvimento e democracia

 
No marco do Dia da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, que é comemorado na quinta-feira, 25 de jullho, acontece durante esta semana na cidade de Recife o 7º Encontro Pernambucano das Mulheres de Terreiro. São mais de 300 representantes de vários terreiros de candomblé do Estado. No ano de conferências nacionais no Brasil para construção de políticas públicas, a ideia é preparar as mulheres negras para a Conferência de Igualdade Racial, com discussões das temáticas que dizem respeito às religiões matrizes africanas, como o candomblé, a umbanda e jurema. "Queremos mostrar que as mulheres negras do campo e da cidade sempre contribuíram para o desenvolvimento do país e para a democracia. É por isso que nós nos organizamos enquanto movimento de mulheres, por uma vida sem discriminação, com liberdade e que os direitos sejam respeitados”, explica a coordenadora colegiada da Rede de Mulheres de Terreiro em Pernambuco, Vera Baroni.

Em 2010, a Região Metropolitana do Recife identificava cerca de 1.300 casas de Terreiro, e em Recife o número chegava há 626.Durante o encontro, acontecem salas de discussão sobre temas que refletem diariamente na vida de quem segue as religiões de matrizes africanas, como a igualdade Racial nos espaços de decisão, a participação das mulheres de terreiro no monitoramento das Políticas de Igualdade Racial, o enfrentamento ao racismo e a violação da liberdade de crença e culto; territórios tradicionais e sustentabilidade dos Terreiros; e oportunidade para a Juventude Negra e de Terreiro.

Há sete anos o encontro faz parte da agenda da cidade e já é referência para outros Estados do Nordeste, como a Paraíba, Ceará, Bahia, Piauí, Alagoas, Rio Grande do Nortee São Paulo. De acordo com a organização, o objetivo é juntar cada vez mais mulheres de Terreiro em Pernambuco. O evento é uma organização da Rede de Mulheres de Terreiro de Pernambuco.

A história 

O Encontro Pernambucano de Mulheres de Terreiro começou a ser realizado em Recife no ano de 2007, com o objetivo de fortalecer a identidade das mulheres que praticam as religiões de adoração aos Orixás. Muitas dessas mulheres sofrem discriminação por se identificarem como Mulheres de Terreiro. "Muitas mulheres praticam o candomblé, mas não dizem para ninguém para não serem vítimas de violência. Queremos quebrar essa violência, enfrentar esse racismo. E mostrar para o mundo que essas mulheres trabalham com a força dos Orixás, que é o mesmo Deus de todas as confissões religiosas. Devemos ser tratadas como iguais, como mulheres que escolheram está identidade

Dia de luta em todo Brasil

Em todo o Caribe e América Latina sendo planejados dias de luta para lembrar o a Dia da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, que têm sofrido descriminação histórica desde a colonização.

As 10 postagens mais acessadas

Postagens antigas

Seguidores deste blog

Curta e compartilhe

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato